Notícias

11/07/2017

ARH em Revista: Recolocação Profissional

Inauguramos essa seção com o trabalho de Viviane Rezende Pessoa, intitulado Projeto Piloto de Processo de Desligamento e Recolocação Profissional: uma proposta aos gerentes do departamento de atendimento/gestão comercial da empresa Rio Grande Energia (RGE). O trabalho está disponibilizado no site da ARH Serrana, no tópico Via de Acesso.

“No cotidiano das organizações, fazer cortes de pessoal é uma atividade habitual, porém, geralmente implica consequências das quais poucas pessoas e empresas falam abertamente. Segundo Brissac (2003), o despreparo diante do inevitável faz a demissão ser a terceira maior dor na vida de um indivíduo, superada apenas pela perde de um filho, do cônjuge ou dos pais. Ser demitido é sempre um choque, que abala as estruturas emocionais e afeta a auto-estima. Com base na pesquisa bibliográfica, notou-se uma gama de teorias fundamentadas sobre alguns momentos do trajeto do funcionário em uma organização, como por exemplo, a admissão, a promoção e a transferência. Já a demissão e a recolocação não tinham definições estabelecidas nas regras da empresa. Ter um bom processo de desligamento e recolocação profissional são importantes, não só pelo o que afeta aos funcionários, mas também prevenir possíveis imagens negativas perante à empresa, bem como impactar na percepção pública a respeito da ética. O outplacement, ou a recolocação profissional, oferece um beneficio ao empregado demitido, trazendo apoio e encoraja para a volta ao mercado de trabalho. Essa conduta estratégica do departamento de Gestão de Pessoas pode resultar em estímulo à vinda de capital intelectual, que é uma importante fonte de recursos à empresa. Em vista disso, aprimora o marketing externo da organização e ainda, esse planejamento poderá evitar futuros problemas de clima organizacional e desmotivação dos colaboradores que permanecem na organização. Tendo em vista o marketing interno, isso só o torna mais positivo.”

Baixe o PDF em nossa Revista Virtual

Compartilhe: