Blog

25/01/2021

Janeiro Branco: para começar o ano com saúde mental

A cada ano novo que chega colocamo-nos  a avaliar os dias que passaram e as conquistas, e iniciamos a construção de novos projetos, sonhos e desejos.

Deve ser por isso que o mês de janeiro tem um forte potencial de nos fazer pensar em nossa vida e saúde de uma forma plena. Como será esse novo ano que se inicia?
É por isso também que este é o mês dedicado a saúde mental através do Janeiro Branco, uma campanha que ganhou forma e importância em todos os espaços. E como o trabalho tem tido uma centralidade crescente nas nossas vidas, abordar a saúde mental inclui considerar os contextos de trabalho.

Enquanto profissionais à frente de pessoas, quer seja como RH, empresários ou líderes, a saúde de forma integral deve ser parte essencial do cotidiano laboral e das estratégias organizacionais.Segundo Christophe Dejours, o trabalho  pode ser fonte de prazer ou sofrimento, sendo um balizador para a saúde. Há, desta forma, alternativas para promover a saúde mental e um sentir-se bem em contextos de trabalho, o que reverbera na vida de cada individuo e sociedade.

O cuidado com a segurança e a saúde, possibilidades de desenvolvimento e crescimento, espaços de diálogo com envolvimento e participação nas decisões assim como, a preparação das lideranças para uma maior proximidade e empatia com suas equipes, podem estar dentro de algumas práticas de gestão que influenciarão positivamente na saúde mental dos indivíduos com ganhos na produtividade.  

O envolvimento das organizações neste mês pode ocorrer por meio de palestras, workshops ou outras ações para dar início a um ano com perspectivas positivas. Sendo assim, o mês alusivo as preocupações com  saúde mental está estrategicamente no inicio do ano para que, no decorrer dos demais meses, esta não seja apenas uma demanda pontual de atividades mas sim, uma estratégia de vida e trabalho!

Autora: Débora Brandalise Bueno - Vice presidente de Desenvolvimento da ARH

Compartilhe: