Blog

14/02/2022

Planejamento de RH: 5 dicas para ter sucesso em 2022

O ano novo já começou e o desejo de grande parte das pessoas é ter sucesso e prosperidade na nova etapa que começa. Porém, para que isso se concretize de fato, é necessário estar atento às tendências e novidades e, principalmente, ter um bom planejamento.

No universo dos Recursos Humanos isso não poderia ser diferente. Afinal, a cada virada de ano, as empresas planejam novas ações e até um novo orçamento para vários projetos. E, para que tudo ocorra da melhor forma possível, o planejamento de RH é essencial e necessário para dar um norte aos novos desafios que chegaram com o ano novo. 


Leia também a dica do nosso patrocinador Círculo: Planejamento de Ano Novo: confira 6 dicas que vão melhorar sua vida em 2022

1. Faça um levantamento de dados 
Todo profissional de RH sabe que o primeiro passo ao elaborar o planejamento de Recursos Humanos para o ano é realizar um levantamento de dados do ano que passou. Assim, é possível avaliar as metas do setor e da empresa, se foram alcançadas e quais não foram e o motivo. 

Após o levantamento dos dados, chega o momento em que o RH precisa interpretá-los para que consiga identificar quais estratégias estão funcionando e também as que não estão dando certo e o porquê. 

Esses dados são muito importantes tanto para o RH, quanto para o setor financeiro e para os gestores da empresa. Com eles, é possível avaliar o capital disponível para investir no RH e nos demais setores da organização. 

2. Diálogo com os gestores e os colaboradores 
Pode ser clichê, mas o diálogo é o melhor amigo do sucesso de uma empresa. E, por isso, o RH precisa demonstrar que é um setor aberto ao diálogo e às sugestões dos colaboradores. Da mesma forma, estar em contato direto com os gestores para apresentar sucessos e possíveis falhas também é muito importante. 

 É por meio do diálogo que o profissional de RH poderá alinhar o planejamento estratégico de RH com os objetivos da empresa. Para isso, é importante buscar e aceitar as opiniões das lideranças e dos gestores. Assim, o planejamento terá ainda mais sucesso no decorrer do ano!


Leia mais: Conheça os cursos de especialização da ARH Serrana

3. Entenda o que os colaboradores desejam
Os colaboradores de uma empresa são os responsáveis por fazer a roda girar e, portanto, devem ser ouvidos e valorizados. O profissional de RH precisa estar atento aos desejos do quadro de funcionários para mantê-los motivados. 

Existem alguns indicadores de RH que facilitam o entendimento sobre o nível de satisfação com a empresa. Além disso, eles também ajudam na análise de produtividade.

Saiba mais: Pesquisa Salarial da ARH Serrana 

Um bom indicativo para se analisar é a taxa de turnover, que tem sido um dos principais índices utilizados pelas empresas para avaliar a atuação do setor de RH. Uma empresa com alta rotatividade de profissionais tem mais custos e, muito provavelmente, não está sendo satisfatória para os colaboradores. 

 Então, no seu Planejamento de RH, lembre-se de verificar se a taxa está acima do esperado e busque as razões para isso. Um bom questionário para os funcionários pode ser uma boa ideia para entender a situação. 

4. Ofereça equipamentos modernos e tecnologia adequada 
Já estamos em 2022 e é dever das empresas investir em tecnologia. No setor de RH, por exemplo, o investimento em automação de processos pode ser um aliado importante na avaliação dos cenários dos setores. 
Atividades como cálculo de horas, lançamento de folha, análise turnover e absenteísmo ocupam muito tempo do profissional e podem ser facilmente realizadas por meio de softwares. Diminuindo o índice de erro e aproveitando melhor o tempo do RH.
Em todos os setores da empresa, é importante analisar os processos que ocupam tempo da equipe e podem ser automatizados. 


5. Bote seu planejamento em ação
 Depois de analisar todos os aspectos que podem impactar no seu planejamento, chega o momento de botá-lo em ação. Para isso, o profissional de RH precisa elaborar um plano de ação, para que seja possível organizar as mudanças. É importante elaborar táticas de enfrentamento dos problemas que foram elencados nas análises de dados. 

 Por isso, crie um cronograma de implantação do seu plano e acompanhe as ações elencadas. Quanto mais detalhada e organizada for sua lista de tarefas, menos erros serão cometidos no processo!

Compartilhe: